Gripe, resfriado ou rinite alérgica?
21 de fevereiro de 2019
Como tratar a sinusite crônica
7 de março de 2019
Exibir tudo

Uma dor no estômago pode ser mais do que um simples incômodo. Confira a seguir mais detalhes sobre três dos principais causadores: a gastrite, a úlcera e a pedra nos rins.

 

Gastrite

A gastrite é uma infecção, inflamação ou erosão que acontece no revestimento do estômago. Uma das possíveis causas é a fraqueza na barreira que protege a parede estomacal, fazendo com que os sucos digestivos danifiquem o tecido que reveste o órgão.

 

Alguns dos sintomas são indigestão, náuseas, perda de apetite, vômitos e azia. O uso excessivo de medicamentos, de consumo de álcool e o estresse são alguns dos fatores que podem desencadear o quadro.

 

Úlcera

A úlcera gástrica surge quando o estômago fica suscetível à própria acidez, o que causa fortes dores abdominais, queimação na região da “boca do estômago”, mal-estar e dor de cabeça.

 

A má alimentação, a herança genética e o consumo de bebidas alcoólicas são alguns dos fatores que podem enfraquecer as defesas do estômago e provocar a úlcera.

 

Pedra nos rins

A pedra nos rins ocorre quando uma disfunção metabólica faz com que algumas substâncias não sejam expelidas naturalmente, transformando-se em pedras que ficam alojadas no rim.

 

Apesar de ser um problema no sistema urinário, seus reflexos podem ser sentidos em outras partes do corpo como o estômago, por exemplo. Isso acontece porque os nervos do sistema urinário são compartilhados com outros órgãos, gerando diarreia, cólica entre outros sintomas.

 

Caso você sinta dores persistentes no estômago, entre em contato com o Dr. Imuvi e agende a sua consulta.